english
MCTP-Aranhas - Coleção de Arachnida e Myriapoda
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Museu de Ciências e Tecnologia
Porto Alegre - Rio Grande do Sul
networkManager

 
 
acervo   [ consultar ]   [ dataCleaning ]
registros:  total
41440
online
41440
georreferenciados
3003
com imagens
0
software
Specify 6.5.05
online desde
11/11/2016
última atualização
13/10/2017
resumo

Este acervo possui mais de 40.000 lotes com aproximadamente 50.000 espécimes conservados em álcool 80%, ambiente com umidade controlada, sistema antincêndio e apoio técnico. Atualmente estão depositados neste acervo 38 holótipos, 16 alótipos e 136 parátipos, pertencentes a 30 famílias Araneae. A maioria dos espécimes são provenientes de coletas no sul do Brasil, mas há exemplares de todas as regiões do país, além de registros da Argentina, Costa Rica, Guiana Francesa, Panamá e Peru. Este acervo é parte da Coleção de Arachnida e Myriapoda do MCTP, que abriga representantes de outras ordens de Arachnida (e.i. Opiliones, Scorpiones, Acari, Pseudoscorpiones, Uropygi, Amblypygi, Solifugae e Ricinulei), além de indivíduos de Myriapoda.

condições para utilização dos dados

As informações que compõem a base de dados da Coleção de Aracnídeos do Museu de Ciências e Tecnologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (MCT-PUCRS) devem ser utilizadas estritamente para fins educativos, científicos e de gestão ambiental, e atribuídas ao MCT-PUCRS, juntamente com a citação da coleção e seu respectivo acrônimo. O MCTP-PUCRS objetiva manter e disponibilizar com exatidão as bases de dados de suas coleções, entretanto, não fornece nenhuma garantia acerca da confiabilidade, integralidade e atualização da informação contida nessas bases. Cabe ao usuário conferir os dados antes de utilizá-los para quaisquer finalidades acima mencionadas.

como citar

Coleção de Arachnida e Myriapoda do Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS, MCTP

Busca
dataCleaning
email
Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA