english
HUEM - Herbário UEM
Universidade Estadual de Maringá
Departamento de Biologia
Maringá - Paraná
networkManager

 
 
acervo   [ consultar ]   [ dataCleaning ]
registros:  total
24469
online
24469
georreferenciados
8971
com imagens
0
software
Brahms7.3.2
online desde
30/06/2008
última atualização
21/09/2017
resumo

Criado no início da década de 1980, o Herbário da Universidade Estadual de Maringá - HUEM teve como objetivo a documentação da flora dos remanescentes florestais urbanos da cidade de Maringá (PR) e reuniu material coletado pelos professores de Botânica da Universidade Estadual de Maringá. Irenice Silva foi a primeira curadora, à qual se seguiram Maria Conceição de Souza, Cassia Monica Sakuragui e Mariza Barion Romagnolo. Atualmente a curadora é Maria Conceição de Souza e possui cerca de 27.000 registros, que compreendem, principalmente, plantas vasculares, mas possui, também, em seu acervo briófitas e algas perifíticas. Hospeda o acervo da Coleção Especial Vegetação Ripária-Nupélia, que compreende cerca de 13.000 registros de plantas coletadas em áreas ripárias, em especial na planície de inundação do alto rio Paraná (PR e MS). Conta com os seguintes pesquisadores: Liliana Rodrigues, Sueli Train e Susiclei Jati, em Ficologia; Rosilaine Carrenho e Sandra Maria Gomes da Costa, em Micologia, e Karina Fidanza (Melastomataceae), Kazue Kawakita (Poaceae), Maria Auxiliadora Milaneze-Gutierre (Bromeliaceae e Orchidaceae), Maria Conceição de Souza (Leguminosae, Sapindaceae e Tiliaceae) e Mariza Barion Romagnolo (Myrtaceae). Encontra-se credenciado como Fiel Depositário junto ao Conselho de Gestão do Patrimônio Genético do Ministério de Meio Ambiente; inserido na Rede Brasileira de Herbários, no Index Herbariorum, no Species Link e na Rede Paranaense de Coleções Biológicas (TAXon Line), e está vinculado aos seguintes projetos de pesquisa: PELD/CNPq - sítio 6, Flora do Paraná on line e Herbário Virtual da Flora e dos Fungos (INCT). As principais características do HUEM compreendem as coleções de Floresta Estacional Semidecídua, de plantas medicinais, de vegetação ripária e de algas perifíticas de águas continentais. Conta, em seu acervo, com material botânico proveniente dos raros remanescentes florestais ainda preservados na região noroeste do Estado do Paraná, principalmente de Unidades de Conservação federais, estaduais, municipais ou particulares. O Domínio Fitogeográfico da região é a Mata Atlântica e a Região Fitoecológica é a Floresta Estacional Semidecídua que, atualmente, constituem-se nas áreas mais degradadas do Estado do Paraná, sendo ampla e extensivamente explorada pela agricultura, em especial de cana-de-açúcar.

condições para utilização dos dados

Não especificado

como citar

Não especificado

Busca
dataCleaning
email
Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA