english
Fiocruz-CHIOC - Coleção Helmintológica do Instituto Oswaldo Cruz
Fundação Oswaldo Cruz
Laboratório de Helmintos Parasitos de Vertebrados
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro
networkManager

 
 
acervo   [ consultar ]   [ dataCleaning ]
registros:  total
38983
online
38983
georreferenciados
1967
com imagens
0
software
SQL Server
online desde
30/07/2012
última atualização
19/12/2016
resumo

Atualmente o acervo da Coleção Helmintológica do Instituto Oswaldo Cruz (CHIOC), contém aproximadamente 38 mil amostras, que podem variar de um a centenas de espécimes por lote. É a maior da América Latina e está entre as maiores coleções de referência mundial. Seu acervo reúne helmintos de animais da fauna brasileira, representando a biodiversidade nos biomas da Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado, Caatinga, Pantanal e Pampa, ambientes Urbanos, Águas continentais e marinhas. Devido a doações de espécimes do estrangeiro há helmintos dos cinco continentes. Têm como objetivo manter um acervo para o desenvolvimento de estudos taxonômicos, educação em ciência e divulgação cientifica de pesquisas. A coleção preserva o patrimônio genético de helmintos coletados de hospedeiros da fauna mundial depositados na CHIOC por pesquisadores do Brasil e do exterior, também contemplando outros grupos de invertebrados. O acervo é constituído por amostras que estão preservadas em material permanente entre lâmina e lamínula ou em frascos em meio líquido. Foi referida como coleção pela primeira vez por Faria & Travassos (1913). No inicio dos anos 80 a CHIOC foi citada no A Guide to the Parasite Collections of the World (Rego, 1982). Em 1991, tornou-se uma coleção institucional. Ela é fruto de trabalho de campo de Gomes de Faria e seu discípulo Lauro Pereira Travassos, além de depósitos realizados por pesquisadores da época, como Adolpho Lutz, Oswaldo Cruz, Gaspar Viana, entre outros. O seu acervo foi aumentando com a incorporação das coleções particulares e institucionais do final do século XIX e início do século XX (Noronha, 2004a, b). Ela foi registrada por Knoff et al. (2010) no Guide to Helminthological Collections of Latin America. Além da manutenção periódica e da modernização na estrutura básica organizacional e de preservação da CHIOC, a rotina da coleção envolve a complementação da informatização e treinamento do pessoal para que haja a divulgação e difusão das informações científicas do seu acervo à população, que vem se realizando através da confecção de catálogos impressos e online, material áudiovisual do seu histórico, e do atendimento direto ''in loco'' ou por e-mail, a alunos de cursos técnicos, de graduação, pós-graduação e pesquisadores científicos, que necessitam destas informações para suas pesquisas.

condições para utilização dos dados

Disponível na 'Política de Acesso a Dados e Informações sobre Coleções Biológicas', Anexo 1 do Manual de Organização das Coleções Biológicas da Fiocruz, que pode ser obtido pela página web das Coleções Biológicas no Portal da Fiocruz.

como citar

Coleção Helmintológica do Instituto Oswaldo Cruz, CHIOC (http://chioc.fiocruz.br/)

Busca
dataCleaning
email
Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA