english
MPUC - Herbário do Museu da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Museu de Ciências e Tecnologia
Porto Alegre - Rio Grande do Sul
networkManager

 
 
acervo   [ consultar ]   [ dataCleaning ]
registros:  total
35000
online
21164
georreferenciados
17161
com imagens
0
software
MS-Excel
online desde
01/03/2012
última atualização
16/12/2016
resumo

O Herbário MPUC possui 14.700 espécies registradas, com percentual de 94% de espécies procedentes do Brasil, dentre as quais 79% do estado do Rio Grande do Sul, 19% de Santa Catarina e 22% de outros estados, com representantes são das seguintes formações: Floresta Estacional Semi-Decidual, Floresta Estacional Decidual, Campos de Cima da Serra e áreas de Tensão Ecológica de Porto Alegre e arredores. Angiosperma é o grupo mais representado na coleção, seguido de Fungos Liquenizados (Liquens), Pteridófitas, Algas, Fungos Basidiomicetos, Briófitas e Gymnospermas. Parte dos exemplares constituem uma coleção histórica que marca o início do Herbário, com O Herbário MPUC possui 14.700 espécies registradas, com percentual de 94% de espécies procedentes do Brasil, dentre as quais 79% do estado do Rio Grande do Sul, 19% de Santa Catarina e 22% de outros estados, com representantes são das seguintes formações: Floresta Estacional Semi-Decidual, Floresta Estacional Decidual, Campos de Cima da Serra e áreas de Tensão Ecológica de Porto Alegre e arredores. Angiosperma é o grupo mais representado na coleção, seguido de Fungos Liquenizados (Liquens), Pteridófitas, Algas, Fungos Basidiomicetos, Briófitas e Gymnospermas. Parte dos exemplares constituem uma coleção histórica que marca o início do Herbário, com exemplares coletados entre 1930 e 1960. No acervo, há representantes de invasores da cultura de arroz irrigado do Rio Grande do Sul - de valor econômico - e representantes da flora do Centro de Pesquisas e Conservação da Natureza PRÓ-MATA, em São Franscisco de Paula, RS. O acervo do Herbário possui também plantas oriundas de locais de impactos ambientais causados por construções de Usinas Hidroelétricas. No acervo de fungos liquenizados, 50% dos espécimes foram coletados em regiões de impacto ambiental, principalmente do RS. A coleção possui quatro isótipos, um parátipo e dois isoparátipos.

condições para utilização dos dados

As informações que compõem a base de dados do Herbário do Museu de Ciências e Tecnologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (MCT-PUCRS) devem ser utilizadas estritamente para fins educativos, científicos e de gestão ambiental, e atribuídas ao MCT-PUCRS, juntamente com a citação da coleção e seu respectivo acrônimo. O MCT-PUCRS objetiva manter e disponibilizar com exatidão as bases de dados de suas coleções, entretanto, não fornece nenhuma garantia acerca da confiabilidade, integralidade e atualização da informação contida nessas bases. Cabe ao usuário conferir os dados antes de utilizá-los para quaisquer finalidades acima mencionadas.

como citar

Herbário do Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS, MPUC

Busca
dataCleaning
email
Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA